Domingo, 11 de Dezembro de 2005

País plastificado

Israel é um país coberto de plástico. Os israelitas são viciados em PET, poliuretano, esferovite e derivados. Louça e talheres descartáveis são a moda nas refeições de Shabbat. As toalhas de mesa são cobertas por uma manga de plástico e no fim da refeição simplesmente deitam-se os restos com as louças e os talheres para o caixote. Muito práctico.

Eu, habituado à separação de embalagens em Portugal - confesso que é a única coisa em que sou manifestamente ultra-ortodoxo - deparo-me com um retrocesso de anos nos meus hábitos mais básicos do dia-a-dia: deitar sacos de lixo sem qualquer separação para o contentor. E se me custa! Por inúmeras razões.

Primeiro, acho importantíssimo o cuidado com o ambiente. Daí depende não só o nosso futuro, mas também o nosso presente mais são. Depois, por questões económicas: há que ter sentido práctico.

Ora, Israel (ainda mais que Portugal) é um país muito pobre em termos de recursos naturais. Petróleo e gás existem, mas em quantidades insignificantes. (Há poucos meses foi descoberta uma jazida de gás natural ao largo da Faixa de Gaza que será explorada por uma empresa britânica.)

De um modo geral, matérias-primas têm de ser importadas. Petróleo e derivados são importados de longe, apesar da ironia de os maiores produtores de petróleo do mundo serem vizinhos de Israel. É que, esses vizinhos que nadam em petróleo boicotam Israel e assim a fonte de combustíveis tem de ser procurada mais longe. Tudo isto acarreta custo enormes ao país.

A única coisa que consigo salvar para reciclagem são as garrafas de plástico, para as quais há uns contentores aqui e acolá. Todavia, parece ser um acto tão pouco habitual que, há poucos dias, um dos meus professores, ao ver-me levar um saco de garrafas para o 'ecoponto' me chamou tzadik*!

No Judaísmo existe a ideia de Tikkun Olam - reparar o Mundo. A ecologia acaba por ser uma das formas mais básicas de atingir esse princípio.

PS - 'Uma pessoa cujos méritos ultrapassam a sua iniquidade é um tzadik'. (Mishnê Torá). O Talmud diz que, em cada momento há 36 tzadikim a viver entre nós e é por eles que o mundo não é destruído.

publicado por Boaz às 00:48
link do artigo | Comente | favorito
6 comentários:
De Gabriel a 3 de Janeiro de 2006 às 17:07
Ambiente eleitorial em Israel ou as Presidenciais em Portugal? Em qualquer dos casos, nao tenho sabido de noticias de lado nenhum. Parece mentira.
De Ita a 23 de Dezembro de 2005 às 12:14
Olá Gabriel! Fico contente por seres um Tzadik ... continua ... quem sabe depertarás mais consciências à tua volta?!
E já agora, um 2006 cheio de tudo muito bom.
Beijinhos grandes!
De JesusRocks a 20 de Dezembro de 2005 às 01:30
Como se tem vivido aí o clima eleitoral? Está tudo tranquilo ou há agitação? Um abraço de Portugal e não deixes nunca de ser um tzadik. O mundo precisa de nós. :)
De Gabriel a 19 de Dezembro de 2005 às 17:15
Tzadik pode soar feio, mas é exactamente ao contrário! Significa pessoa louvável, quase santo. No Judaísmo não há santos - nem sequer Moisés ou Abraham o foram, apesar de 'veneráveis' - pelo que tzadik é o máximo a que se pode chegar.
De Tulipa a 19 de Dezembro de 2005 às 12:30
Olá Gabriel.É verdade que Portugal até está a ganhar uma consciência ambiental visível, muito graças às regras da União Europeia. Temos que aceitar que todos os países (e pessoas) têm pontos fracos, o mais importante é continuares a seres quem és e seguires o que acreditas, independentemente de onde estiveres, se isso servir para deixar este planeta - a nossa base de sustento - um bocadinho melhor.Quem sabe se não há outros israelitas que começam a fazer o mesmo??
Tzadik soa assustador, apesar de não saber o que significa... podes sempre chamar-lhe um nome feio português :)Um grande abraço
De Lus a 18 de Dezembro de 2005 às 22:16
Talvez saia um pouco do âmbito do post, mas a verdade é que Portugal até está bastante avançado no que diz respeito à reciclagem. Ainda há alguns meses falava com um amigo meu alemão que vive cá e ele não parava de elogiar o sistema português ("os ecopontos são tantos e estão em todo o lado, não é nada assim na Alemanha, lá temos de andar quilómetros para encontrar um" - dizia ele). De certa maneira surpreendeu-me, acho que ainda não estou completamente livre da mentalidade tipicamente portuguesa de achar que está sempre tudo mal e e que "lá fora" é tudo melhor.

Comentar artigo

.Sobre o autor


Página Pessoal
Perfil do autor. História do Médio Oriente.
Galeria de imagens da experiência como voluntário num kibbutz em Israel.


Envie comentários, sugestões e críticas para:
Correio do Clara Mente

.Pesquisar no blog

Este blog está registado
IBSN: Internet Blog Serial Number 1-613-12-5771

É proibido o uso de conteúdos sem autorização

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.Ligações

.Visitantes

Jewish Bloggers
Powered By Ringsurf

.Arquivos

. Maio 2014

. Março 2013

. Novembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

.subscrever feeds

Partilhar