Sexta-feira, 28 de Outubro de 2005

Uma grande família

Um mês. É o tempo que leva, já, a minha estadia em Israel. Cheguei com planos - por alto, sem qualquer garantia do seu cumprimento - para seis meses. Estou num ulpan guiur, uma escola para candidatos à conversão ao Judaísmo.

A integração no grupo pareceu-me bastante rápida, se considerar que me conheço como uma pessoa tímida e reservada. A verdade é que, quando se conhece gente com uma realidade em comum tão fundamental como a adesão a uma fé - neste caso o Judaísmo -, a convivência torna-se quase automática e a afinidade é natural. Por mais que as diferenças de motivação e experiência existam.

Na sua maioria, os candidatos à conversão são filhos de pai judeu - a lei judaica reconhece, sempre, como judeus os filhos de mãe judia - que querem seguir essa herança familiar. São poucos os casos como o meu. Alguém sem qualquer vínculo familiar com o Judaísmo que, a certa altura da vida, se decidiu pela adesão ao Povo Judeu.

Ainda menos são os que têm experiência e estudo sistemático anteriores à sua chegada a Israel. No meu caso, estudei semanalmente com um rabino durante um ano, em Lisboa e mantive - mais ou menos regular, mais ou menos próximo - contacto com a comunidade judaica. O meu companheiro mais próximo estuda e vive como judeu há já vários anos. Só agora tem a perspectiva de concretizar a convesão. Pouquíssimos são os que, findo o processo de conversão, planeiam voltar aos seus países de origem.

Pela minha parte, vejo a minha estadia em Israel como passageira, mas não posso excluir a hipótese de ficar por cá. Simplesmente não estou em condições de poder cerrar nenhuma porta, excluíndo à partida alguma possibilidade. Contudo, o facto de não ter trabalho em Portugal nem grandes perspectivas para construir uma família judia, não abonam a favor do meu regresso definitivo.

O grupo de estudantes é deveras variado e está em constante mudança. Todas as semanas, alguns se apresentam perante o Bet Din, o tribunal rabínico que, por meio de algumas perguntas averigua da preparação e decide passar ou reprovar o candidato. Estes dão por terminado o seu processo, mas nem por isso deixam, em alguns casos, de frequentar as classes, a fim de aprenderem mais. Todas as semanas chega alguém que está a iniciar a caminhada.

Quase todos os colegas de classe são sul-americanos (mexicanos, colombianos, uruguaios, argentinos, brasileiros) ou espanhóis. Eu e uma jovem portuense somos os únicos portugueses. Por maioria demográfica, as aulas são sempre em espanhol.

Ora, com classes em língua castelhana e companheiros de casa oriundos do Uruguai e Colômbia, pouco uso faço do inglês e do português. (No hebraico ainda estou só começando). O que, por este andar, me vai fazer chegar a Portugal, daqui a uns meses, a falar português com o perfeito sotaque de imigrante na Venezuela.

publicado por Boaz às 09:15
link do artigo | Comente | favorito
1 comentário:
De Laura a 5 de Novembro de 2005 às 11:48
Hi Gabriel, so you're in Jerusalem again! I wish i could understand Portuguese and read your blog :-) All the best, L

Comentar artigo

.Sobre o autor


Página Pessoal
Perfil do autor. História do Médio Oriente.
Galeria de imagens da experiência como voluntário num kibbutz em Israel.


Envie comentários, sugestões e críticas para:
Correio do Clara Mente

.Pesquisar no blog

Este blog está registado
IBSN: Internet Blog Serial Number 1-613-12-5771

É proibido o uso de conteúdos sem autorização

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.Ligações

.Visitantes

Jewish Bloggers
Powered By Ringsurf

.Arquivos

. Maio 2014

. Março 2013

. Novembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

.subscrever feeds

Partilhar