Sábado, 12 de Agosto de 2006

Depois da casa roubada

Em Lisboa, assim como em muitos aeroportos um pouco por todo o mundo, implementam-se novas medidas de segurança, após a descoberta e desmantelamento dos planos terroristas com aviões a partir de Londres.

Mesmo estando aparentemente fora das atenções dos terroristas - assim continuam a pensar os portugueses - acrescem-se os incómodos para os passageiros no que toca aos apertos na segurança e na vigilância na bagagem.

Em Maio último, aquando da minha última visita a Portugal, no regresso a Israel a partir de Lisboa, já havia notado um aumento - aparentemente sem explicação - na segurança no aeroporto da Portela. Após o check-in - que em Lisboa é tchik-tchak, sem problema nenhum, mesmo para quem viajava para Israel com uma escala em Madrid - à passagem para a zona das lojas duty-free, reparei que havia um novo controle de bagagem. Surpreendente. Uma barreira de máquinas de raios-x na área em que antes bastava mostrar o cartão de embarque.

Tive a ocasião de experimentar in-loco a competência dos profissionais de segurança - o que me deixou deveras satisfeito, consciente que sou da habitual balda nacional. Ao passar a minha mochila pela máquina de raios-x, o segurança desconfiou de um pequeno objecto metálico no seu interior. Educadamente, pediu-me para abrir a mochila e mostrar-lhe o dito objecto. A minha mezuzá de prata. Com cuidado, abriu a cápsula e retirou do seu interior o pergaminho envolto em película transparente. Perguntou-me o que era, mas logo percebeu tratar-se de um pergaminho escrito. Não o desenrolou. "OK, não há problemas aqui. Boa viagem".

Habituados a poucos controles de segurança onde quer que estejam em território nacional, parece que os portugueses já se começam a queixar do estreitamento das liberdades "a bem da segurança". É esse o preço que temos de pagar pela continuação da nossa vida normal, pelo menos nos seus aspectos mais básicos.

A alternativa seria deixar que os terroristas - como os que executaram os ataques do 11 de Setembro e os que neles se inspiraram para tentar atacar a partir de Londres na semana que passou - levem a cabo os seus intentos. Basta escolher que futuro se pretende.

publicado por Boaz às 23:41
link do artigo | Comente | ver comentários (1) | favorito
Terça-feira, 1 de Agosto de 2006

Convocados

Nestes últimos dias, desde o último Shabbat, milhares de israelitas foram convocados para se apresentarem nas bases militares para ingressarem as forças armadas. Depois de completarem os anos (ou meses, dependendo da idade) de serviço militar obrigatório, todos passam a fazer parte do corpo de reservistas. Estes são convocados em caso de necessidade. Essa altura chegou agora.

 

Nesta altura, não haverá família em Israel que não tenha alguém mobilizado. Dada a urgência da convocatória, alguns tiveram que deixar as suas casas em plena noite de Shabbat para se apresentarem ao serviço.

Aqui da yeshiva, alguns estudantes que já fizeram o seu serviço militar também foram convocados. Todos os dias se sabe de mais algum que recebeu a carta ou o telefonema da intimação. Todos os dias há orações especiais por eles. E também por todos os soldados que estão envolvidos nas operações militares. Salmos depois das rezas normais.

Outros foram, nesta altura conturbada, chamados para fazer o serviço militar regular. Outros ainda, já ingressados na recruta há poucos meses, relatam o que têm passado nas bases onde recebem o treino. Alguns foram destacados para funções noutras zonas do país. As noites sem dormir, com o barulho das explosões dos mísseis do Hezbollah que caem a poucos quilómetros da base. O nervosismo da situação. O não poderem contactar a família durante dias. A incerteza de quando serão chamados para a frente...

tags:
publicado por Boaz às 22:18
link do artigo | Comente | ver comentários (1) | favorito

.Sobre o autor


Página Pessoal
Perfil do autor. História do Médio Oriente.
Galeria de imagens da experiência como voluntário num kibbutz em Israel.


Envie comentários, sugestões e críticas para:
Correio do Clara Mente

.Pesquisar no blog

Este blog está registado
IBSN: Internet Blog Serial Number 1-613-12-5771

É proibido o uso de conteúdos sem autorização

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.Ligações

.Visitantes

Jewish Bloggers
Powered By Ringsurf

.Arquivos

. Maio 2014

. Março 2013

. Novembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

.subscrever feeds

Partilhar