Quarta-feira, 2 de Janeiro de 2008

A farra e o julgamento

Ano Novo vs. Ano Novo

Em Israel, as celebrações do Ano Novo na noite de 31 de Dezembro, são bastantes discretas. Em Jerusalém, regida pela lei religiosa judaica, nem se dá conta delas. No máximo, alguns foguetes lançados de um dos bairros cristãos. Até as celebrações do milénio, tão apregoadas mundialmente, foram quase ignoradas na Cidade Santa. Ainda mais porque o fim do milénio coincidiu com o Shabbat e nesse dia é proibido o uso do fogo. E logo, também do fogo de artifício. Assim, não houve qualquer celebração oficial. Em Tel Aviv, onde, em muitos aspectos domina a cultura ocidental, há alguns bares, discotecas e hotéis que organizam algumas festas de Fim de Ano para os turistas e a juventude ocidentalizada.


Toque do shofar na sinagoga, postal alemão, início do séc. XX

O calendário hebraico conta os meses e os anos de forma distinta do calendário gregoriano. Os dois dias de Rosh Hashana, o Ano Novo Judaico, caem normalmente entre meados de Setembro e o início de Outubro. A essência das duas celebrações de Ano Novo não poderia ser mais distinta. Enquanto o Reveillon é dominado pela folia, o champanhe e o divertimento até cair para o lado, o espírito do Rosh Hashana é a submissão ao julgamento divino.

No último mês do ano judaico, Elul, apela-se à introspecção, ao arrependimento, à reconciliação. Entre os judeus sefarditas – judeus de origem portuguesa, espanhola e dos países árabes – é o mês de selihot, rezas especiais a meio da noite com o objectivo de alcançar esse estado de purificação espiritual.

Com a chegada do Rosh Hashana, o ambiente é solene. Ao mesmo tempo, existe a consciência de que cada ser humano está a ser julgado pelos seus actos durante o ano que passou. Julgado não por um qualquer falível e parcial juiz humano, mas pelo Juiz dos juízes. É o dia do reconhecimento de Deus como o Rei. Por isso, apesar da atitude de submissão perante o soberano máximo do Universo, não há mortificações de espécie alguma ou jejum. Com a devida diferença: também no dia da coroação de um qualquer rei de carne e osso, é dia de festa em todo o reino. Ainda mais sabendo que, apesar de, a par da sua omnipotência, o Rei dos Reis é também misericordioso.

Uma das poucas coisas comuns entre o Ano Novo e o Rosh Hashana é o formular de desejos para o ano que se inicia. No entanto, em vez de 12 passas, os judeus comem várias comidas simbólicas. Que o ano seja doce como a maça mergulhada no mel... Que os preceitos cumpridos sejam tantos como as sementes da romã...

A 31 de Dezembro nas discotecas troam os últimos sucessos da música. Nas sinagogas, em Rosh Hashana, repete-se a milenar tradição de soar o shofar, o corno de carneiro. A 1 de Janeiro, depois dos excessos da farra, há que ultrapassar a ressaca. No final da celebração do Rosh Hashana, com a confiança após o julgamento divino, a vida segue renovada.

publicado por Boaz às 22:16
link do artigo | Comente | favorito
2 comentários:
De MCA a 3 de Janeiro de 2008 às 12:55
Boaz, post interessante. Já agora, uma pergunta: a partir de que acontecimento é feita a contagem do calendário judaico?
De Boaz a 3 de Janeiro de 2008 às 22:02
O Ano Novo Judaico é o dia da criação de Adão. Note-se que o calendário é lunar, por isso as datas nunca são fixas em relação ao calendário gregoriano (que é solar). Para ter um calendário hebraico sempre disponível, recomendo o kaluach.com

Comentar artigo

.Sobre o autor


Página Pessoal
Perfil do autor. História do Médio Oriente.
Galeria de imagens da experiência como voluntário num kibbutz em Israel.


Envie comentários, sugestões e críticas para:
Correio do Clara Mente

.Pesquisar no blog

Este blog está registado
IBSN: Internet Blog Serial Number 1-613-12-5771

É proibido o uso de conteúdos sem autorização

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.Ligações

.Visitantes

Jewish Bloggers
Powered By Ringsurf

.Arquivos

. Maio 2014

. Março 2013

. Novembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

.subscrever feeds

Partilhar