4 comentários:
De al cardoso a 6 de Março de 2007 às 10:12
Certamente, certo!
Shalom
De Boaz a 14 de Fevereiro de 2007 às 11:58
Só para que saiba Sr tal de "Youknowwho", eu não tenho um estilo "michaelfreudiano" de ver as coisas. Michael Freund (que eu até conheço pessoalmente) tem as suas opiniões, eu tenho as minhas. Sei que é visto como politicamente incorrecto ter opiniões de direita (mesmo direita moderada), mas em relação ao politicamente incorrecto, a única coisa que eu faço é mesmo puxar o autoclismo.
Tudo de bom.
De Youknowwho a 13 de Fevereiro de 2007 às 13:40
Vejo com agrado este avanço extremamente positivo. Já não é "anti-semita", mas anti-judeu. Optimo, vejo que alguém fez alguma pesquisa e esteve a ler algumas coisas. Espero agora, que estás no bom caminho, que leias mais algumas coisas, que fales com algumas pessoas e que vás abandonando esse estilo manicaista "michaelfreundiano" de ver as coisas. Eretz Israel e o mundo não é uma oposição entre fanáticos, mas deve ser acima de tudo o triunfo de homens livres. Não é preciso publicar eu sei que lês.
De antonio a 10 de Fevereiro de 2007 às 20:38
Olá...tenho de ir consultar o nome. Recebi há dias uma nota acerca da sua terra natal, aqui para os lados da Golpilheira.
Sinceramente, apreciei deveras a profundidade de análise deste post.
O nosso planeta já não se compadece com estas crendices ultrapassadas. Há, isso sim, que usar de pragmatismo e tentarmos o convívio sério e fraterno. Afinal só há um Deus para adorar! O único, invisível aos olhos dos humanos, que tudo controla e que nem se percebe como é que há povos que se deixam manipular a ponto de porem em risco a sobrevivência da espécie humana!
Essa questão da herança genealógica dos Semitas está muito bem colocada, sem dúvida.
Um abraço e Felicidades
António

Comentar artigo