4 comentários:
De Marta a 1 de Dezembro de 2005 às 14:29
Não concordo. A princesa Diana deu milhares e milhares ao povo. A roupa dela não tem nada a ver com o humanismo.
De Funny a 19 de Junho de 2005 às 13:53
Esta é uma questão delicada... a questão da solidariedade e participação em causas humanitárias, e é o especialmente por causa dos contrastes e mensagens que se passam com ou sem intenção. Acho q n é correcto fingir-se pobre para dizer sou como tu, qd dps regressados a casa voltam ao seu estilo de vida normal, por outro lado acho tb q n se deve ostentar riqueza e incorrer numa posição de sou rico, toma lá uma esmola. O meio termo, smp difícil de alcançar parece-me a melhor solução. E penso acima de tudo q o mais importante é estar com o coração e empenho nas causas, ser genuíno. Pq se formos a extremos nenhum de nós poderia dizer q se preocupa verdadeiramente com a fome e fazer por exemplo uma festa de aniversário ou um casamento onde há smp mta comida e mt variada em q se come demais e em q sobra tanto ... é preciso encontrar um equilíbrio no q se diz, sente e faz.
De Gabriel a 17 de Junho de 2005 às 16:47
Claro que a preocupação pode ser genuína. É por isso que eu disse que não era preciso o Guterres sofrer de malária para ser mais convincente na sua preocupação. Só que me choca tanta ostentação ao mesmo tempo que se faz campanha para minorar a desgraça alheia. É um contrasenso. PS - de qualquer modo, muito obrigado pelo comentário.
De Ramiro a 17 de Junho de 2005 às 11:06
Não concordo com a observação final sobre a hipocrisia de pessoas que têm boa vida apesar de se preocuparem com assuntos humanitários. Segundo essa perspectiva, por alguém se dedicar a boas causas não têm direito de usufruirem de que têm, pois são culpadas de terem dinheiro! A outra escala que moral terias de oferecer um pouco de comida ou roupa a pobres quando se calhar tens posses para muito mais! Não é preciso de nos privarmos das coisas que temos só porque queremos ajudar. E das pessoas que referiste acredito que tenham uma preocupação genuína e não falsa como queres dizer apenas por terem dinheiro

Comentar artigo