3 comentários:
De Racionalista Implacvel a 27 de Outubro de 2004 às 17:33
Há pouco mais de 60 anos um certo anão austríaco de bigode ridículo dizia «quem é que se lembra hoje dos arménios?» referindo-se ao genocídio de mais de um milhão de Arménios pelos turcos em 1915 - o primeiro genocídio do século XX. E depois foi que se viu entre 1933 e 1945...
De ffun a 27 de Outubro de 2004 às 13:07
Alguns anos mais tarde será reconhecida a catástrofe... No Ruanda foi assim e o Sudão não será excepção. Por altura do genocídio no Ruanda, o então secretário geral da ONU Butrus Gali, soube antecipadamente que tal poderia acontecer e nada fez. Nem a opinião pública nem as grandes potências demonstram interesse, uns por desconhecimento, outros por questões económicas. Deste forma o Sudão não constitui ainda uma zona de intervenção urgente.
De Luciana a 26 de Outubro de 2004 às 16:32
Esta é uma das várias situações de catastrofe humana que eu não consigo entender. Tantas ajudas para situações mais recentes e estas tão mais duradoras todos virão as costas ou fecham os olhos.

Comentar artigo