2 comentários:
De Duarte Sousa a 11 de Novembro de 2008 às 15:24
«"Não há almoços grátis".»

Precisamente. Esses cristãos evangélicos fazem recordar Martim Lutero. Quando este se apercebeu de que os judeus não pretendiam aderir à sua doctrina protestante não hesitou em amaldiçoá-los e acusá-los de heresia e materialismo.

Este tipo de atitude para com os judeus esteve patente ao longo da História do povo germânico. Foi ganhando grande força durante o século XIX com o surgimento do Romantismo e atingiu o seu auge no século XX com através da ideologia Nazi.

Por isso, quem pensa que estes cristãos evangélicos são aliados dos judeus, abra os olhos e lembre-se do passado.

PS: Para quem não acredita literalmente na Torah e na existência de um deus pessoal, menos credível parece a doctrina cristã, que nem sequer é coerente com a Torah.

De OBNOXIO a 6 de Março de 2011 às 19:56
Em primeiro lugar parabéns pelo seu blog!
Mas queria acrescentar que a ajuda, senão protecção do mundo ocidental a Israel é hipócrita! O "Velho do Restelo" que vive na minha cabeça pergunta-me se essa solidariedade se deve ao respeito por um povo que esteve nos primórdios dos valores que hoje nos orientam, ou se deve á necessidade estratégica de manter um estado forte não islamita no médio oriente ?????

Comentar artigo